O poder do relacionamento no atendimento de excelência

Quantos profissionais já não tiveram objetivos semelhante ao objetivo de um caçador com foco apenas em abater um elefante,  sem pensar em quanto o poder do relacionamento é importante?

É comum, as pessoas se depararem com atendentes com pouco ou nenhum interesse em prestar atendimento de qualidade, ou preocupado em construir relacionamentos. O poder do relacionamento está muito distante do vocabulário desses profissionais.

Construindo novos hábitos no processo de atendimento

 Eu já andei por muitos cantos, com oportunidades em minhas mãos e atirava para todos os lados e quase sempre não me importava com relacionamentos.

Via de regra, tudo que um profissional em vendas quer encontrar é um prospecto para fazer negócio. Muitas vezes as pessoas se sentem ameaçadas com a presença de profissionais com perfil de caçador, e não é incomum expressarem o sentimento de rejeição.

Depois de alguns anos de frustação, decidi trilhar novos horizontes então comecei a observar grandes players para ver como eles se comportam no mercado.

O poder do relacionamento, a grande descoberta como ferramenta de atendimento.

A grande descoberta é: não ter o instinto de caçador e não atirar para todos os lados. Os grandes players, constroem relacionamentos, invertem em amizades, aprendem a conquistar a confiança das pessoas e são capazes de transferir habilidades e crenças que tem sobre seus produtos e serviços.

A meta de um grande player não é vender seu produto e serviço ao prospecto potencial. Seu objetivo inicial é educar seus prospectos sobre o que tem a oferecer, para que o próprio prospecto, decida se seu produto/serviço lhe interessa.

A mudança de comportamento é fruto de uma enorme mudança de estratégia que, no decorrer da aplicabilidade tornará as coisas bem diferentes. É indispensável se colocar no lugar do prospecto, veja se é atrativo e o que lhe faz ficar na defensiva.

Os grandes players alcançam resultados incríveis porque ao invés de chegar como tubarão atacando os prospectos, eles reagem como verdadeiros consultores, constroem relacionamentos e só depois oferecem soluções óbvias para os problemas das pessoas.

No segmento de marketing de multinível, os grandes profissionais não vendem produtos ou oportunidades. Em vez de atacar o prospecto, quando o momento é apropriado, apenas convidam o prospectod para fazer uma de duas coisas, dependendo do momento do prospecto.

Inicialmente os grandes players convidam os prospectos para participarem dos eventos, reuniões, com duplas ou trio por telefone, apresentações nas residências, workshop online, etc.

para os profissionais do marketing multinivel a interação entre pessoas é uma ferramenta poderosa quando se trata de construir confiança e transferenças de  crenças. Por tanto, conecte ao máximo com as pessoas.

As ferramentas como páginas de vendas, redes sociais webnar, live  Instagram, whatsapp são poderosíssimas para educar prospectos.

Não há duvida que a tecnologia continuará evoluindo e oferecendo maneiras de educar seus prospectos. É oportuno observar que o corpo a corpo na era digital é muito importante para construir confiança e tornar as experiências reais.

Por que o relacionamento é uma regra utilizada por grandes players.

O equilíbrio emocional transmite total segurança para o prospecto. Para melhor entendimento veja a seguir  uma regra utilizada por grandes players.

Desconecte emocionalmente de obter mais um prospecto o apenas mais uma venda. A grande sacada é ter foco na educação e o entendimento do prospecto.

Quando nos desconectamos emocionalmente do resultado e nos concentramos em educar e informar, tudo fica bem mais simples.

É simples mais não é fácil fazer isso. É comum, entrarmos em uma negociação ou prospecção com a esperança de efetivar mais uma venda, ou recrutar um grande profissional.

Não é fácil se desconectar dessas expectativas. É primordial entender que atitudes de caçadores e tubarões não gera resultados recorrentes.

O objetivo é sempre educar e ajudar as pessoas compreenderem o valor da oportunidade, e o quanto esta oportunidade por contribuir para viver mais e melhor.

Marcos

Related Posts

Leave a Comment